ABORTOSAÚDE

CFP realiza formação em Aborto Legal e Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos das Mulheres em Canoas

O Coletivo Feminino Plural, organização associada a RFS, realizou, no dia 7 de outubro de 2019, duas oficinas de formação com a equipe técnica da Clínica de Saúde da Mulher do Hospital de Saúde da Ulbra de Canoas. A atividade fez parte de uma programação nacional da Rede Feminista de Saúde e Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos, que contou com o apoio do Fundo Elas.O objetivo foi promover em vários estados informações sobre o Aborto Legal, já reconhecido pela legislação brasileira, e a luta pela descriminalização do aborto para todas as mulheres. No Rio Grande do Sul, a organização realizou encontros com as equipes da manhã e da tarde do hospital e apresentou aspectos legais, direitos sexuais e direitos reprodutivos das mulheres negras, o trabalho da Rede Feminista e como receber bem as mulheres e meninas que chegam ao local em busca de atendimento especializado e melhorar a atenção à sua saúde física e mental.

O local foi escolhido por ser um hospital de referência no atendimento às mulheres no município em que o CFP atua desde 2011 na gestão do Centro de Referência para as Mulheres em Situação de Violência (CRM) Patricia Esber.

Realizaram a formação a coordenadora-executiva do CFP, coordenadora Técnica do CRM Patricia Esber, coordenadora da Regional Sul da Rede Feminista e integrante da Frente Nacional pela fim da criminalização das mulheres e legalização do aborto, Leina Peres; a coordenadora de Projetos do CFP, integrante do Conselho Estadual de Direitos Humanos e drª em Psicologia, Teresa Cristina Bruel; a educadora social, sanitarista, mulher negra em movimento, Daiana dos Santos; e a jornalista, presidenta do Sindicato dos Jornalistas (Sindijors), ativista do movimento feminista de Mulheres Negras e coordenadora adjunta da RFS Regional Sul, Vera Daisy Barcellos.