A Rede Feminista de Saúde participa do Grupo Impulsor da Frente Nacional Contra a Criminalização das Mulheres e Pela Legalização do Aborto no Brasil, esta frente é resultado do esforço de organizações e indivíduos que se indignam quando vêem uma mulher, muitas vezes uma garota que teria toda a vida pela frente, morrendo por não ter tido sua escolha de não ser mãe respeitada e praticar aborto nas mais grotescas condições de higiene. Fruto da intolerância e fundamentalismo, a criminalização do aborto não impede que ele seja realizado, só arremessa as mulheres que optam por fazê-lo na mais absoluta clandestinidade. Se você também acha que a criminalização destas mulheres é absurda, junte-se a nós. Some conosco nesta frente. Assine e divulgue os manifestos aqui publicados e siga a frente nas redes sociais. Somando esforços faremos com que ser mãe seja um direito, e não uma obrigação, de todas as mulheres.

site: https://frentelegalizacaoaborto.wordpress.com/